| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

O CANGAÇO EM FOCO
Desde: 28/02/2011      Publicadas: 854      Atualização: 09/11/2013

Capa |  ARTE & CULTURA DO CANGAÇO  |  ARTIGOS DE OUTROS AUTORES  |  CORDEL E POESIA SERTANEJA  |  CRÔNICAS  |  DESTAQUES  |  ESTUDOS SOBRE O CANGAÇO  |  EVENTOS SOBRE O CANGAÇO  |  GUERRAS ADJACENTES AO CANGAÇO  |  HISTÓRIA DO CANGAÇO  |  HISTÓRIAS SERTANEJAS  |  JORNALISMO & CANGAÇO  |  LITERATURA & CANGAÇO  |  LIVROS A VENDA  |  MEUS ARTIGOS  |  MEUS COMENTÁRIOS  |  MULHERES NO CANGAÇO  |  NAS ANDANÇAS DO MEU LIVRO  |  PERSONAGENS DA ÉPOCA  |  TEXTOS DA ÉPOCA DO CANGAÇO


 PERSONAGENS DA ÉPOCA

  25/05/2012
  0 comentário(s)


O ETERNO RUY

Neste ano de 2012, a Paraíba relembra com saudades, o aniversário de nascimento de um dos filhos mais ilustres e mais destacados na política: Ruy Carneiro, nascido no dia 20 de agosto de 1901, na cidade de Pombal, no sertão do estado. Portanto, estamos reverenciando 111 anos de nascimento desse mito político paraibano.

O ETERNO RUYO ETERNO RUY

Escreveu: Francisco Alves Cardoso - 21/05/2012

Neste ano de 2012, a Paraíba relembra com saudades, o aniversário de nascimento de um dos filhos mais ilustres e mais destacados na política: Ruy Carneiro, nascido no dia 20 de agosto de 1901, na cidade de Pombal, no sertão do estado. Portanto, estamos reverenciando 111 anos de nascimento desse mito político paraibano.

Iniciou a caminhada vitoriosa em 1931, quando foi convidado pelo Ministro José Américo de Almeida, para exercer o cargo de Oficial de Gabinete do Ministério da Viação e Obras Públicas, hoje Ministério dos Transportes.

Em 1934 foi candidato a deputado federal, pelo Partido Progressista, não se elegendo, ficando na primeira suplência. Logo assumiu, permanecendo na Câmara dos Deputados até 1937.

A partir de 1937, assumiu o cargo de advogado do Banco do Brasil, permanecendo até 1940.

O presidente Getúlio Vargas tinha grande admiração pelo líder político paraibano, e em 1940 o convidou para ser o Interventor Federal da Paraíba, permanecendo no cargo até 1945.

Em 1946 foi eleito deputado estadual, como o mais votado do estado. Em 1950 foi eleito senador da República, numa coligação com José Américo de Almeida, que foi eleito governador do Estado.

Em 1958 foi reeleito senador, com o slogan que encantou a Paraíba: "Paraibano, consulta a tua consciência e reelege Ruy Carneiro para o Senado".

Em 1965 perdeu a eleição de governador para o udenista João Agripino Filho, eleição muito duvidosa, segundo os analistas políticos paraibanos.

Em 1966 foi reeleito senador, e em 1974 disputou a última eleição, sendo eleito senador pela quarta vez, tendo como suplente o campinense Ivandro Cunha Lima, que assumiu a cadeira com a morte de Ruy, em 20 de julho de 1977. Estamos vivendo, portanto, o trigésimo quinto ano da partida do eterno senador paraibano, para a Casa do Senhor.

Nas eleições de 1966 e 1974 tive a honra de ter sufragado o seu nome, em homenagem a um dos políticos mais finos no trato que conheci na minha vida.

O "Caldeirão Político" se sente profundamente feliz em prestar essa especial homenagem a Ruy Carneiro, ilustre filho da culta cidade de Pombal, o grande condutor do PSD paraibano, líder inconteste, com destaque no mundo inteiro, especialmente em reuniões interparlamentares em Londres, Washington, Belgrado, Copenhague, Estados Unidos e na 16ª Assembleia das Nações Unidas, designado pelo presidente Jânio Quadros.


Fonte: "Maringá - O Nome Verdadeiro", de Severino Coelho Viana




  Mais notícias da seção COMENTÁRIOS no caderno PERSONAGENS DA ÉPOCA
18/12/2011 - COMENTÁRIOS - Dialogando com o Mestre Alcino
Concordo com suas palavras, a historiografia nunca deu a Luis Pedro o lugar de destaque que ele fez por merecer enquanto cangaceiro, principalmente por ter pertencido ao estado maior do Cangaço. ...
29/11/2011 - COMENTÁRIOS - Um Cangaceiro doutor !
Um dia, Antônio Silvino, vendo sua fama declinar, queixou-se enciumado: "De uns tempos desses para cá, só se quer saber de cangaceiro-doutor!" Referia-se ao Dr. Augusto de Santa Cruz Oliveira, graduado pela Faculdade de Direito do Recife, em 1895....



Capa |  ARTE & CULTURA DO CANGAÇO  |  ARTIGOS DE OUTROS AUTORES  |  CORDEL E POESIA SERTANEJA  |  CRÔNICAS  |  DESTAQUES  |  ESTUDOS SOBRE O CANGAÇO  |  EVENTOS SOBRE O CANGAÇO  |  GUERRAS ADJACENTES AO CANGAÇO  |  HISTÓRIA DO CANGAÇO  |  HISTÓRIAS SERTANEJAS  |  JORNALISMO & CANGAÇO  |  LITERATURA & CANGAÇO  |  LIVROS A VENDA  |  MEUS ARTIGOS  |  MEUS COMENTÁRIOS  |  MULHERES NO CANGAÇO  |  NAS ANDANÇAS DO MEU LIVRO  |  PERSONAGENS DA ÉPOCA  |  TEXTOS DA ÉPOCA DO CANGAÇO
Busca em

  
854 Notícias